Quais são as plantas que dão menor manutenção em um projeto de paisagismo?

Se você chegou neste artigo, provavelmente está esgotado com o excesso de manutenção que um jardim pode proporcionar. O jardim deve ser responsável por aliviar seu stress, e não aumentá-lo! Mas calma que essas dicas vão lhe ajudar.

 

Primeiramente devemos evitar plantas que produzem muita biomassa. A grama é o caso principal de planta que deixa muitos donos de casa escravos do trabalho que a manutenção do gramado gera. Se você tem uma área considerável e um equipamento eficiente de corte, o gramado vale muito a pena. Porém, vemos muitos casos em edifícios, por exemplo, de pequenos canteiros de difícil acesso, com grama.


A Grama preta, que não é uma gramínea, vem sendo a substituta mais comum para as gramas tradicionais, por não demandar corte. Porém várias outras forrações perenes fazem essa função, e muitas vezes com cores vibrantes que podem lhe ajudar a criar contrastes de cores e texturas interessantes.

 

Algumas sugestões de forrações perenes de baixa manutenção:

 

  • Grama preta
  • Singônio
  • Hera verde e Hera Variegata
  • Iresine
  • Lambari-roxo
  • Grama amendoim
  • Liriope
  • Aspargo
  • Tapete-inglês
  • Trapoeraba roxa
  • Cavalinha

 

O custo para preencher um metro quadrado é normalmente bem superior ao da grama, porém a economia com manutenção acaba pagando facilmente o investimento.

Só lembrando que estas forrações não toleram o pisoteio, justamente por não produzirem muita biomassa como a grama. Em áreas de pisoteio e baixa disponibilidade de manutenção, seixos e cascas de pinus são ótimas alternativas.

Cactos e suculentas são também muito utilizadas para diminuir a manutenção, pois são plantas extremamente resistentes à escassez de água e nutrientes

 

Como última dica, fuja das plantas topiadas (podadas), como buxinhos, ficus e das formas de plantio retilíneas, como é muito comum nos jardins italianos e franceses. Para inspirações de baixa manutenção procure fotos dos estilos Japonês e Inglês de paisagismo.

 

Quanto melhor for o projeto de paisagismo, menor poderá ser o tempo e o custo necessário para fazer sua manutenção. As orientações sobre quais plantas colocar e onde colocar realizadas por uma equipe especializada fazem muita diferença! Por isso, conte com a Arte Vegetal. Confira nossos projetos residenciais, empresariais e solicite um orçamento!

 

 

5 de outubro de 2017|Paisagismo, Plantas|

Deixar Um Comentário